Os Linda Martini atravessam para outra realidade

Se a notícia de 24 de Outubro dá azo à crença que no futuro existirão cada vez menos álbuns e apenas singles/videoclipes, na realidade, atualmente um single já não se refere a um objeto físico, comercial ou promocional. Refere-se sobretudo a uma estratégia de divulgação. E esta tem vindo a comportar duas etapas que correspondem em certa medida ao lançamento de um videoclipe. No caso do álbum “Turbo Lento” dos Linda Martini, apenas licenciado a uma multinacional, anunciou-se meses antes com o videoclipe “Ratos” e recentemente apresentou-se junto com este “Volta”. E das imagens de promoção da banda, todos vestidos de fatos impermeáveis amarelos defronte de espelhos na praia, Bruno Ferreira, que já os tinha metido dentro de outra realidade, repescou esses fatos para os imaginar realmente inseridos na comunidade piscatória da Cova do Vapor. Criando assim uma realidade atravessada de ficção, mas elegíaca dessas pessoas. (Na última semana de Outubro, este videoclipe terá uma projeção especial nessa localidade).

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico 

Sugerir correcção