Odebrecht interessada na privatização da EGF

Grupo brasileiro que detém a Bento Pedroso Construções quer diversificar negócios em Portugal.

Reversão do negócio faz parte da proposta de governo do PS.
Foto
Reversão do negócio faz parte da proposta de governo do PS. Fernando Veludo

O Governo já recebeu diversas manifestações de interesse na EGF, entre elas, a da brasileira Oderbrecht, noticia o Diário Económico (DE).

O grupo brasileiro quer diversificar negócios em Portugal através de novas concessões ou pela aquisição de participações e já desenvolveu contactos para conhecer o universo de actuação e as potencialidades da EGF, refere o DE, citando fonte governamental.

O calendário do Governo prevê a conclusão da privatização da EGF ainda este ano, mas ainda aguarda a conclusão da avaliação da empresa, que está a cargo do Citigroup e do BIG. Uma análise preliminar da Roland Berger avaliou a EGF em 200 milhões de euros.