Mourinho irrita-se com perguntas e abandona conferência de imprensa

Técnico português fazia antevisão do jogo do Chelsea com o Steaua Bucareste.

http://www.youtube.com/watch?v=4cU87Yc4E6o

Não durou muito a conferência de imprensa na qual José Mourinho fez a antevisão do Steaua Bucareste-Chelsea (terça-feira às 19h45, SP-TV2), da segunda jornada da Liga dos Campeões. O técnico português irritou-se com as perguntas que lhe foram feitas e abandonou precipitadamente a sala.

Uma pergunta sobre o belga Kevin De Bruyne precipitou a saída o treinador português do Chelsea. O jovem futebolista belga não viajou para a Roménia, por decisão do técnico. Quando questionado sobre essa opção, Mourinho irritou-se: “Isto é fantástico. Ninguém me pergunta pelo Mata. Estão há três semanas a falar do Mata e agora falam do Kevin De Bruyne. Não estão interessados nos jogadores que jogam, mas nos que não jogam. Não foi seleccionado por minha decisão. Só podem jogar 11 e tento decidir em função do que os jogadores fazem em campo e nos treinos”, vincou.

“Cometo erros, mas tento sempre ser honesto. Da mesma forma que fui honesto e disse ao Juan [Mata] que vai jogar amanhã pelo que tem feito nos treinos e nos últimos jogos, com o Kevin foi o mesmo: não foi seleccionado porque não gostei do jogo que fez contra o Swindon e não gostei da forma como treinou. Mas vocês têm esta tendência de só perguntar por quem não joga. Até amanhã”, rematou Mourinho, levantando-se e abandonando a sala.

Após uma derrota em casa (1-2), frente ao Basileia, na primeira jornada do Grupo E da Liga dos Campeões, o Chelsea procura na Roménia obter os primeiros pontos na fase de grupos da Champions 2013-14. “O Steaua tem nível para competir neste grupo, lutar por pontos e tentar qualificar-se para a próxima ronda”, admitiu Mourinho.