Seguro emociona-se no final de um comício em Castelo Branco

Depois de ter falado com uma mulher que se abraçou ao secretário-geral do PS e lhe pediu ajuda, António José Seguro ficou emocionado. Foi em Castelo Branco, quinta-feira à noite.

http://www.youtube.com/watch?v=WOVYNlQ5lrE&feature=share&list=UUvOJ8FDnc8hA0PQG3grDQWQ

A mulher, uma professora reformada, tinha nas mãos um extracto da Caixa Geral de Aposentações, estava visivelmente perturbada e chorou nos braços do líder socialista, enquanto lhe dizia: “Eu não aguento mais. Eu não aguento mais. Eu não aguento mais este Governo. Eu não aguento mais tantos cortes”.

“Leve a minha folha, por favor. Mostre ao primeiro-ministro quanto é que desconta um aposentado. Eu fui vítima de tudo e agora cortam-me mil euros. Eu tive uma filha que teve a melhor nota da faculdade e não tem emprego”. O momento foi captado pela Beira Baixa TV.

A certa altura, gritou: “Eu odeio o primeiro-ministro”. O líder socialista tentou acalmá-la e pediu-lhe repetidamente para que parasse de chorar, dizendo-lhe que a iria ajudar e perguntando-lhe como poderia contactá-la.

Algumas pessoas presentes no comício acabaram por levar a professora para outro local, para acalmá-la. António José Seguro, visivelmente emocionado, limpou os olhos e continuou a cumprimentar os apoiantes que ali se encontravam, dizendo: “Há muita gente nesta situação, que sofre, sofre, sofre. Esta senhora está completamente destroçada e desesperada”.

No final, não quis falar aos jornalistas, dizendo-lhes que estava muito cansado e pedindo compreensão.

António José Seguro falava num comício de apoio ao candidato socialista à Câmara Municipal de Castelo Branco, Luís Correia, onde  prometeu que não se iria esquecer do interior caso fosse eleito primeiro-ministro e pediu aos portugueses que dessem voz à indignação nestas eleições autárquicas.