Gasolina é 13,6 cêntimos mais barata nos postos dos supermercados

Abastecimento de combustível nas cadeias da distribuição já vale 25% do mercado, avança a Autoridade da Concorrência.

Postos dos supermercados têm cada vez mais clientes
Foto
Postos dos supermercados têm cada vez mais clientes David Clifford/Arquivo

A gasolina 95 à venda nos postos de abastecimento dos supermercados é, em média, 13,6 cêntimos mais barata do que a das empresas petrolíferas. Os dados são da Autoridade da Concorrência (AdC), que, num relatório de acompanhamento do mercado durante o segundo trimestre, avança que a diferença de preços no gasóleo é de 13 cêntimos.

Em termos médios mensais, a maior diferença foi registada em Abril – a gasolina dos supermercados custava menos 14,1 cêntimo por litro. Esta foi, aliás, a maior disparidade verificada nos três meses em análise.

De acordo com os cálculos da AdC, que se baseia em informação recolhida junto do sector, as cadeias da distribuição que também vendem combustíveis já valem 25% do volume de vendas destes produtos. O ano passado, as vendas na Auchan (Jumbo), E. Leclerc, Jerónimo Martins (Pingo Doce) e Os Mosqueteiros (Intermarché) pesavam 22% no total. Em 2004 valiam menos de 10%.

Recentemente, a Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição avançou que no primeiro semestre as vendas de combustíveis caíram 3,9%, para 1,6 mil milhões de euros, em comparação com o período homólogo de 2012. Os consumidores estão a abastecer menos litros em cada ida a um posto de abastecimento.