Um drone num comício de Merkel, cortesia do Partido Pirata

Objectivo da acção em Dresden foi protestar contra a videovigilância policial

Foto
O pequeno objecto voador vê-se no canto superior direito da imagem ODD ANDERSEN/AFP

O objectivo desta acção foi mostrar à chanceler e ao ministro da Defesa Thomas de Maizière qual é a sensação de se ser observado por um drone”, explicou à AFP Markus Barenhoff, vice-presidente do Partido Pirata, no site da organização

O comício da CDU decorria em Dresden, na antiga Alemanha de leste, perto do bastião eleitoral de Thomas de Maizière. Um membro do Partido Pirata, um informático de 23 anos, fez voar um pequeno engenho de quatro hélices por cima da multidão que estava reunida para ouvir Merkel falar.

Um vídeo amador colocado no site da revista Der Spiegel mostra o aparelho inofensivo a despenhar-se no placo, muito perto da chanceler que parece divertir-se com o incidente.

“Pressionado pela polícia, tive que fazer uma aterragem de emergência perto do palco, para não colocar ninguém em perigo, por isso é que o drone pousou de forma um pouco caótica”, explicou o militante que preferiu manter o anonimato no site dos Piratas.

O Ministério do Interior fez saber que a polícia criminal “já tomou conhecimento deste incidente e vai agir em conformidade”. E o porta-voz do governo, Steffen Seibert, garantiu que “a chanceler tem total confiança de que tudo está a ser feito para garantir a sua protecção”.