As 50 melhores capas de livros de 2012 segundo a AIGA

A associação profissional de design norte-americana escolheu as melhores capas de livros de todo o mundo. Há David Byrne, Oliver Sacks, tipografia e outras especialidades

Fotogaleria
"Curiosity and Method: Ten Years of Cabinet Magazine", de Sina Najafi, desenhado por Everything Studio DR
Fotogaleria
"Woodcut", de Bryan Nash Gill, desenhado por Deb Wood e Paul Wagner DR
Fotogaleria
"Cascade", de Maryanne O'Hara, desenhado por Emily Mahon DR
Fotogaleria
"The Sardinians", de Michael Dawkes, desenhado por Paul Wolterink DR
Fotogaleria
"Uncle Charlie", de Marc Asnin, desenhado por Giorgio Baravalle DR
Fotogaleria
"Stripped (Sixty-Six Sunsets Stripped)", de Paul Soulellis, desenhado por Paul Soulellis DR
Fotogaleria
"The Flame Alphabet", de Ben Marcus, desenhado por The Flame Alphabet Ben Marcus DR
Fotogaleria
"Bloodland", de Alan Glynn, desenhado por Keith Hayes DR
Fotogaleria
"Kino", de Jürgen Fauth, desenhado por Jamie Keenan DR
Fotogaleria
"At Last", de Edward St. Aubyn, desenhado por Jennifer Carrow DR
Fotogaleria
"Typography 33 Type", de Directors Club, desenhado por Kayla Jang e Ludwig Janoff DR
Fotogaleria
"This Will Have Been: Art, Love, and Politics in the 1980s", de Helen Molesworth, desenhado por James Goggin e Scott Reinhard DR
Fotogaleria
"Daniel Brush", de Oliver Sacks, David Revere McFadden, Amy Wilkins, desenhado por Takaaki Matsumoto e Robin Brunelle DR
Fotogaleria
"How Music Works", de David Byrne, desenhado por Dave Eggers e David Byrne DR
Fotogaleria
"Hemlock Grove", de Brian McGreevy, desenhado por Rodrigo Corral DR

Apenas letras pretas num fundo branco ou uma aguarela colorida. Um grafismo a fazer lembrar o poster de Saul Bass para Vertigo, de Hitchcock, ou uma ilustração inspirada em latas de sardinhas vintage - estão escolhidas as 50 melhores capas dos 50 livros com melhor design de 2012. Todos os anos desde 1924, a associação americana de design American Institute of Graphic Arts (AIGA) organiza o concurso 50 Books/50 Covers, sendo que nos últimos anos o concurso chegou à Internet. Qualquer utilizador registado do site da AIGA pode propor um livro para esta selecção, que mostra o que de melhor se faz nas capas de livros mundo fora.

Na edição de 2012, em colaboração com os sites Design Observer e Designers & Books, foram aceites 1213 nomeações de todo mundo, numa era em que os livros digitais ganham terreno. “Com informação tão facilmente acessível no formato digital, quem se dá ao trabalho de desenhar, produzir e distribuir um livro tradicional é melhor que faça alguma coisa especial”, diz o jurado Michael Bierut, no site da AIGA.

A edição deste concurso relativa ao ano de 2011 premiou o atelier português Ferrand, Bicker & Associado. O atelier de Coimbra desenhou três das 50 melhores capas do mundo nesse ano, duas para a editora Almedina, da designer Ana Boavida e uma para a Nova Delphi, de Rita Marquito.