ANGEL: uma "bicla" de madeira "made in Portugal"

Acaba de ser apresentado o protótipo da bicicleta ANGEL, que é a abreviatura de "Art Now Give Energy to Live". Fabricada a partir de restos de madeira, a ANGEL é desenhada por portugueses

A ANGELectric, com motor eléctrico, já está em fase final de preparação Wise-U
Fotogaleria
A ANGELectric, com motor eléctrico, já está em fase final de preparação Wise-U
Wise-U
Fotogaleria
Wise-U

Uma bicicleta portuguesa fabricada a partir de restos de madeira. A ANGEL foi apresentada no passado dia 17 de Janeiro. Este é um projecto da agência Wise-U, sediada em Águeda, com a assinatura de Nuno Zamaro, criativo que aposta no desenvolvimento de projectos ligados às duas rodas através da sua marca BKI Cruisers, que comemora dez anos em 2013.

A ideia surgiu em 2008, quando Nuno Zamaro, durante uma visita à Alemanha, tomou contacto com uma publicação alemã que abordava o tema do reaproveitamento de madeira. Foi assim que surgiu a ideia de fabricar uma bicicleta portuguesa feita de madeira e associar esse conceito ao projecto BUTE – uma iniciativa desenvolvida em conjunto com a Universidade do Minho e que venceu o Prémio Nacional de Mobilidade em 2007.

A ANGEL é um produto inovador que teve início em 2009, com a denominação RYK-B, e que conheceu várias transformações ao longo dos últimos anos até chegar ao protótipo agora apresentado.

Foto
Nuno Zamaro, 43 anos, é o autor deste projecto Wise-U

De acordo com Nuno Zamaro, a ANGEL, além de proporcionar conforto, “apresenta um design fluido, com robustez comprovada e a particularidade de poder ser reciclada, mesmo depois de ter sido criada a partir do reaproveitamento de madeira e dos seus derivados”.

Foto
A ANGEL vai estar à venda por 350 a 400 euros Wise-U

Além disso, todos os que adquirirem a sua própria ANGEL poderão personalizá-la tornando cada bicicleta única. Em fase final de preparação está uma versão movida com motor eléctrico, e diferentes versões em cortiça.

A ANGEL ainda utiliza 30% de componentes em alumínio e ferro, mas está a ser estudada uma nova versão com 95% de materiais recicláveis, a lançar no final de 2013. Numa primeira fase vai estar à venda por 350 a 400 euros. Além disso vão lançar ainda a Global Social Bike, um produto mais acessível e igualmente inovador, à venda por 99 euros.

“Angelita”

De acordo com Nuno Zamaro “todas as bicicletas vendidas até hoje pela BKI Cruisers geraram uma receita entregue a instituições de solidariedade social ou projectos de apoio a crianças carenciadas”. Assim, por cada 20 unidades de modelo de adulto vendidas, é doada uma “Angelita” – um modelo para crianças – a uma instituição de solidariedade social ou a projectos de apoio a crianças carenciadas.

A referida cláusula é um propósito a ser cumprido quer através da produção nacional quer mediante fabrico em qualquer outro país. “É um compromisso assumido pela Wise-U que não deixará de ser cumprido, independentemente das condições que o mercado proporcionar à produção da ANGEL”, afirma o criativo.

Internacionalização em vista

No que diz respeito ao processo de internacionalização, Nuno Zamaro adianta que existem dois países africanos e um da América Central interessados em construir as suas próprias fábricas de bicicletas. “A concretização desta etapa ainda está em fase de negociação com cada um desses 'players', pelo que é prematuro avançar com mais informação a propósito de eventuais internacionalizações do projecto”, esclarece o próprio ao P3.

Além destes, há ainda negociações a decorrer com outros países que pretendem adaptar uma linha de montagem a fábricas que já produzem produtos de madeira.