Tiroteio em Nova Orleães faz 19 feridos

Incidente aconteceu durante um desfile do Dia da Mãe. Autoridades procuram três suspeitos vistos a fugirem do local.

Um tiroteio durante um desfile alusivo ao Dia da Mãe que decorreu em Nova Orleães, nos Estados Unidos, feriu 19 pessoas, entre as quais duas crianças.

Até ao momento tanto a origem dos disparos como a motivação permanecem desconhecidas, mas a polícia adiantou que procura neste momento três suspeitos que foram vistos a fugir no domingo do local, diz a Reuters.

Ao todo os tiros atingiram dez homens, sete mulheres e um rapaz e uma rapariga com dez anos. O tiroteio aconteceu às 13h45 locais (19h30 de Lisboa) durante um desfile que assinalava o Dia da Mãe naquela cidade do estado do Luisiana. A BBC diz que no local estavam cerca de 200 pessoas.

De acordo com o porta-voz da polícia de Nova Orleães, Garry Flot, pelo menos duas das vítimas tiveram de ser submetidas a uma cirurgia e ambas as crianças estão bem e livre de perigo. Há contudo alguns feridos que inspiram cuidados.

As autoridades também não souberam especificar se as vítimas estavam a participar no desfile ou apenas a assistir, sabendo-se que foram vistas três pessoas a fugir do local e que pela aparência terão entre 18 e 22 anos.

O superintendente da polícia Ronal Serpas, também citado pela Reuters, explicou que pelo barulho que foi possível ouvir terão sido disparados tiros de duas armas diferentes.

Nova Orleães é a cidade mais populosa do Luisiana e os sucessivos actos de violência são uma das maiores preocupações dos governantes. Um inquérito à população feito em 2010 também concluiu que a primeira preocupação apontada pelos habitantes é a violência – isto apesar de a cidade ter sido fustigada em 2005 pelo furacão Katrina.