Pais não terão de pagar Actividades de Enriquecimento Curricular

Garantia foi dada nesta quinta-feira pelo secretário de Estado João Grancho, segundo o qual as crianças do 1.º ciclo vão poder manter-se na escola até às 17h30.

Os professores do 1.º ciclo passarão a dar mais uma hora de aulas por dia
Foto
Os professores do 1.º ciclo passarão a dar mais uma hora de aulas por dia Enric Vives-Rubio

As escolas vão continuar a manter-se abertas até às 17h30 para os alunos do 1.º ciclo do ensino básico e, ao contrário do que chegou a ser anunciado, a frequência das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) continuará a ser gratuita.

“Não haverá da parte dos pais qualquer encargo para a frequência das AEC”, garantiu ao PÚBLICO o secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, João Grancho.

O titular da Educação reuniu nesta quinta-feira com a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e com a Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) e avançou com algumas novidades, entre as quais se inclui o facto de o Ministério da Educação e Ciência passar a assegurar as aulas até às 16h30, em vez das actuais 15h30.

As AEC passam, assim, a circunscrever-se a cinco horas por semana, entre as 16h30 e as 17h30, continuando a inscrição nas mesmas a ser facultativa. Tal não significa, porém, que os alunos passem a ter mais uma hora de aulas.

“Este período será aproveitado para fazer o acompanhamento do aluno através do reforço de actividades ou de uma intervenção mais diferenciada, destinada a promover o sucesso escolar”, especificou o governante.

Da parte da Confap, o presidente Jorge Ascensão suspirou de alívio. “Ficámos tranquilos porque era, de facto, muito importante que a presença das crianças nas escolas até às 17h30 continuasse a ser assegurada”, declarou.