Marques Mendes diz que Cavaco irá convocar Conselho de Estado

Antigo líder do PSD e membro do Conselho de Estado fez revelação no comentário semanal na SIC.

Marques Mendes disse que Passos tomou a decisão de ouvir o povo, em vez de ser teimoso
Foto
Marques Mendes falou aos jornalistas no Funchal Pedro Cunha

Cavaco Silva deverá reunir o Conselho de Estado nas próximas semanas, anunciou neste sábado à noite o ex-líder do PSD Luís Marques Mendes. Membro daquele órgão consultivo do Presidente da República, Marques Mendes avançou com a notícia da reunião no espaço de opinião que mantém no canal de televisão SIC.

Sem adiantar uma data, Mendes limitou-se a dizer que aquele órgão irá reunir-se “em breve”, possivelmente nas próximas semanas. “Isto é um dado que eu tenho por confirmado e adquirido”, afirmou. “A agenda não sei, mas imagino que seja a preocupação com a estabilidade”, completou, acrescentando supor que Cavaco Silva tentará “evitar que haja rupturas”.

Contactada pelo PÚBLICO, a Presidência da República informou que "não tem informação disponível" sobre esse assunto.

Marques Mendes classificou ainda como uma bomba política e social o pacote de medidas anunciado na sexta-feira pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

O Governo quer cortar 4800 milhões de euros na despesa pública e para Marques Mendes o grande erro deste anúncio foi o momento, porque essas medidas "chegam com dois anos de atraso", sustentou.

Mendes disse ainda que não acredita na saída do CDS e de Paulo Portas da coligação governamental, mas crê que o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, está "profundamente isolado" dentro do Executivo.

Paulo Portas reservou para este domingo uma declaração sobre o pacote de medidas anunciado por Passos Coelho. O primeiro-ministro comunicou ao país alterações nas reformas, no funcionamento da mobilidade e a saída de 30 mil pessoas da função pública.