David Russel é o cabeça de cartaz do Festival de Guitarra de Santo Tirso

Edição deste ano, que começa a 10 de Maio, conta com alguns consagrados e um naipe de jovens talentos, como Andreas Varady.

David Russel viu o seu trabalho premiado com um Grammy, em 2005
Foto
David Russel viu o seu trabalho premiado com um Grammy, em 2005 DR

A 20.ª edição do Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso, que decorrerá de 10 a 25 de Maio, vai reunir músicos consagrados, como o escocês David Russel, e jovens promessas, soube-se hoje em conferência de imprensa.

David Russel estudou na Royal Academic of Music, em Londres, e em 2005 ganhou um Grammy. Já Andreas Varady, considerada uma criança-prodígio, toca guitarra desde os quatro anos de idade, e é influenciado por Django Reinhardt, Wes Montgomery e George Benson. Também Pedro Rodrigues (Portugal), Joseph Tawadros (Egipto), Peter Finger (Alemanha) e Johannes Möller (Suécia) são guitarristas que vão marcar presença na iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Santo Tirso e pela Escola Profissional Artística do Vale do Ave.

Seis concertos, duas masters classes, cursos para professores de guitarra e alunos em fase de conclusão de estudos e uma exposição comemorativa dos 20 anos do festival são algumas das actividades que compõem o programa do evento, apresentado esta segunda-feira.

Castro Fernandes, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, afirmou, na conferência de imprensa, que o festival é “uma referência nacional e internacional”, mostrando-se ao mesmo tempo desiludido pela falta de apoios institucionais ao evento. Já Alexandre Reis, director da Escola Profissional Artística do Vale do Ave, referiu que “a qualidade artística do festival impôs-se à redução de custos”, recordando que, em Santo Tirso, vão estar “os bons guitarristas mundiais”.

Alexandre Reis mostrou-se ainda satisfeito pelo festival ter há muito “fidelizado uma fatia importante do público musicalmente erudito da região, mas também por ter aumentado, de uma forma geral, o público estudantil, sobretudo ligado à música e ao estudo da guitarra”. Também o professor Óscar Flecha lembrou “a diversidade musical e a qualidade artística dos seis guitarristas presentes” nesta 20.ª edição.

Os preços dos bilhetes variam entre os sete e os dez euros por pessoa.
 

Sugerir correcção