Adega Rio Douro: fado e comida com vista para o rio

Fotogaleria

À entrada, um canário amarelo canta que se farta. É o aviso: nesta casa, há música no ar. Na cozinha, a dona Piedade, proprietária da Adega Rio Douro, canta o fado enquanto trabalha. Para além de sermos presenteados com música, somos tratados por “meus amores” e “meus meninos”. Já que estamos em casa, aqui na Rua do Ouro, escolhemos tripas com vista para o rio Douro. Melhor é impossível. Mentira: a coisa melhora quando vemos uma raquete de matar moscas. Garantem-nos que custou cinco euros, “no marroquino”. Às terças, há iscas com fado vadio. Qualquer um pode cantar. “Desde que o saiba fazer.” João Nogueira Dias

Sugerir correcção