Messi marca mais dois, golo de Ronaldo ameniza derrota do Real na Taça do Rei

Enquanto o Barcelona se impôs ao Córdoba na primeira mão dos oitavos-de-final da prova, os "merengues" caíram em Vigo, frente ao Celta.

Ronaldo lidera isolado a lista dos melhores marcadores
Foto
Ronaldo marcou o único golo do Real em Vigo JavierSoriano/AFP

Um irreconhecível Real Madrid foi derrotado, esta quarta-feira, pelo Celta de Vigo, no Municipal de Balaídos, por 2-1, na primeira mão dos oitavos-de-final da Taça do Rei. O golo dos madridistas foi apontado por Cristiano Ronaldo, nos últimos minutos, e facilita bastante a tarefa da equipa de José Mourinho na eliminatória. O Barcelona não teve problemas para vencer em Córdoba, com mais dois golos de Lionel Messi.

Com Pepe, Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo no “onze”, os jogadores do Real Madrid mostram-se sempre demasiado apáticos e o triunfo dos galegos não merece discussão. O primeiro golo do Celta foi apontado por Bermejo, aos 56’, e, a 12 minutos do final, com um forte remate de fora da área, Bustos bateu Adán pela segunda vez. A três minutos do fim, Ronaldo reduziu para 2-1, um golo que pode revelar-se muito importante para o Real Madrid.

Muito mais tranquila foi a noite para o Barcelona. Os catalães foram à Andaluzia derrotar o Córdoba, equipa da segunda divisão, por 2-0. Para não variar, Messi decidiu a partida ao apontar os dois golos. O avançado argentino aumentou para 88 o número de golos no ano de 2012. O Sevilha já tem os dois pés na eliminatória seguinte, após vencer em Maiorca por 5-0, enquanto o Atlético Madrid derrotou o Getafe por 3-0. O Athletic Bilbau deixou-se empatar em casa pelo secundário Eibar (1-1).

Também para a Taça, mas em Itália, a Juventus apurou-se para os “quartos” após derrotar, em Turim, o Cagliari por 1-0. O único golo da partida foi apontado por Giovinco, aos 57’. O Catania foi a Parma derrotar a equipa da casa nas grandes penalidades, após o jogo ter terminado empatado (1-1).

Na Liga francesa, o Lyon tropeçou em casa frente ao último classificado. A quatro dias de um escaldante jogo em Paris, frente ao PSG, a equipa treinada por Rémi Garde apresentou-se contra o Nancy com várias baixas e quase acabava derrotada. O defesa Jordan Lotiès, aos 74’, colocou o clube do Norte de França na frente, mas o brasileiro Michel Bastos, nove minutos depois, restabeleceu o empate, salvando um ponto para o Lyon. Apesar do empate, a equipa de Lisandro (foi suplente) continua na frente do campeonato, com 35 pontos, mais três do que o PSG.