O campeão do mundo de “scratch” em acção Fernando Mendes
Foto
O campeão do mundo de “scratch” em acção Fernando Mendes

“Life in Loops” é um “sumário gigante” do que é o DJ Ride

“Here Before” já está cá fora e já nos pôs a contar os dias para “Life In Loops”, álbum lançado a 17 de Setembro

Apresentar “Life In Loops” não é tarefa fácil, nem mesmo para DJ Ride (ou deveremos dizer Sr. DJ Ride?). “É um resumo de tudo o que já fiz, um sumário gigante daquilo que tem sido o meu trabalho”, diz. E não é pouco. Com 27 anos, conta já com dois álbuns, vários Eps e umas quantas distinções notáveis, nomeadamente a que arrecadou o ano passado com o inseparável Stereossauro, com quem forma os Beatbombers: campeão do mundo de “scratch”.

“Foi o álbum que mais trabalho me deu”, confessa, ao telefone com o P3. “Por bons motivos!” A culpa, claro, é do sucesso que teima em bater-lhe à porta. “Nos últimos anos, o meu trabalho ganhou mais projecção e foi difícil encontrar disponibilidade para estar no estúdio.” As idas e vindas de e para os concertos acabaram por “condicionar um pouco a actividade criativa”. Somou-se a vontade, e respectiva dificuldade, de ter outros músicos nas gravações. “Quis que o álbum fosse mais rico a nível de participações, mas foi complicado a nível de logística conciliar todos os convidados.”

Mas tudo acabou bem. “Consegui rodear-me por amigos e pessoas que idolatro e sou mega-fã”, diz, entusiasmado. Não podia faltar Stereossauro, é claro, mas também Legendary Tigerman, PAUS e Sara Linhares, que dá a voz ao single “Here Before” (disponível para download). As doze faixas ilustram, por isso, o ecléctico (“e esquizófrenico”) background musical do DJ Ride. Tem de tudo. “Electrónica, dubstep, soul, hip-hop, funk”, enumera. Resta esperar por dia 17 de Setembro, dia em que "Life in Loops", o segundo álbum de Ride a ser editado pela Optimus Discos, está nas lojas e fica disponível para download gratuito.

PÚBLICO -
Foto
A capa de Life in Loops DR

Antes, o DJ está, em dose dupla, na D’Bandada, que se realiza no Porto a 15 de Setembro. Junta-se a Stereossauro para, na pele de Beatbombers, arrasarem a pista de dança da Garagem Gareporto. A fechar a noite, apresenta-se, a solo, com Pixel Thrasher, um espectáculo onde “a componente visual acaba por superar a parte sonora”, uma vez que está a fazer, em tempo real, “scratch” com vídeo e som, recorrendo até a episódios do “Family Guy” e a frases do Bruno Aleixo. Em Dezembro, há novo campeonato do mundo e, claro, a fasquia está alta — “não vamos repetir fórmulas, mas em qualquer campeonato queremos sempre ficar em primeiro”.

PÚBLICO -
Foto
Uma pequena amostra de Pixel Thrasher DR