Futebol internacional

Fábio Coentrão foi suspenso quatro jogos e falha Supertaça

Fábio Coentrão no jogo da primeira mão
Foto
Coentrão vira as costas a Madrid e ruma ao Mónaco Quique Garcia/AFP

O futebolista internacional português Fábio Coentrão foi nesta quarta-feira castigado com quatro jogos de suspensão pela Federação Espanhola de Futebol (RFEF), na sequência da sua expulsão no jogo de domingo do Real Madrid.

O árbitro Pérez Lasa especificou no relatório que o lateral português o insultou quando se aproximou do banco de suplentes, onde se encontrava o jogador, num jogo em que a equipa comandada por José Mourinho perdeu por 2-1 com o Getafe.

O comité de competições decidiu ainda suspender o treinador do FC Barcelona, Tito Vilanova, por dois jogos, depois da sua expulsão no domingo no encontro em que os catalães bateram o Osasuna (2-1).

Vilanova terá sido avisado pelo árbitro assistente quando protestava e acabou por receber ordem de expulsão do árbitro Muniz Fernandez quando manteve os protestos.

Coentrão fica desde já inibido de disputar nesta noite de quarta-feira, em Madrid, a segunda mão da Supertaça espanhola frente ao FC Barcelona, devido a conduta “grave”, mas Tito Vilanova ainda poderá orientar a equipa na partida com os “merengues”.

O Real Madrid, campeão em título, teve um mau início de Liga, com um empate na primeira jornada, com o Valência, e uma derrota na segunda, em casa do Getafe (2-1).

Na Supertaça espanhola, os “merengues” tentam dar a volta a um resultado desfavorável de 3-2 trazido da Catalunha

Sugerir correcção