Carminho vai gravar com gigantes da música brasileira

Carminho vai viajar para o Brasil já na próxima semana
Foto
Carminho vai viajar para o Brasil já na próxima semana Miguel Madeira

Para a edição brasileira do disco "Alma", que sai no Brasil no final do ano

Chico Buarque, Milton Nascimento e Nana Caymmi, três dos grandes nomes da música brasileira, vão juntar-se a Carminho na próxima semana, no Rio de Janeiro, para gravarem três temas para a edição brasileira de “Alma”, o segundo disco da fadista. 
 
Com Chico Buarque, de quem a fadista tem uma versão de “Meu Namorado” em “Alma”, Carminho vai gravar “Carolina”, com Milton Nascimento, com quem esteve em Lisboa em Junho, gravará “Cais” e com Nana Caymmi, “Contrato de Separação”.

“A Carminho é uma cantora encantadora, o Chico já conhecia o seu trabalho e gosta muito dela e por isso aceitou prontamente este convite”, diz ao PÚBLICO Vinicius França, agente de Chico Buarque, explicando que o contacto entre a fadista e os músicos brasileiros aconteceu em Junho quando os dois, Carminho e Vinicius, se encontraram em Lisboa a propósito do concerto de Milton Nascimento. 

Segundo Vinicius, nesta altura a fadista portuguesa falou do seu desejo de gravar uns temas no Brasil com Chico Buarque, Milton Nascimento e Nana Caymmi, que “prontamente aceitaram o convite”. “Quando estive aí em Lisboa, eu o Milton fomos jantar com a Carminho e o Milton ficou encantado, ela é mesmo uma cantora brilhante.”

Inicialmente os três temas serão integrados como faixas extra na edição brasileira de “Alma”, da responsabilidade da MPB Records e com distribuição da Universal, mas de acordo com João Pedro Ruela, agente de Carminho, a ideia é que sejam depois também editados em Portugal. 

“Esta era uma vontade já de longa data e por isso ficámos muito felizes com esta concretização”, diz Ruela ao PÚBLICO, explicando que Carminho vê nestes três músicos “uma influência”. “Descobrimos que Chico Buarque demonstra um grande apreço pela arte de Carminho e que gostou muito do trabalho dela, isto só pode ser maravilhoso”, acrescenta o agente português.

O segundo disco de Carminho chegará às lojas brasileiras no final do ano, altura em que a fadista estará novamente no Brasil para uma digressão. Antes disso, Carminho vai actuar nos coliseus de Lisboa e do Porto, a 3 e 9 de Novembro, respectivamente. Sobre a possibilidade de receber alguns convidados nestes dois concertos, João Pedro Ruela não adiantou nenhum pormenor, explicando que “ainda não há novidades”. 

Certo é que os concertos de Chico Buarque, que inicialmente estavam previstos para Portugal, não vão acontecer por razões económicas. “Para já não há notícias sobre isso, não existindo nada marcado”, assegurou Vinicius França, afastando, para já, a possibilidade de Carminho e Chico Buarque actuarem juntos ao vivo em Portugal.  

Esta não é a primeira vez que Carminho colabora com artistas de renome internacional. Ainda no ano passado, a fadista subiu ao palco do Lux para actuar ao lado de Nicolas Jaar e, mais recentemente, gravou com o espanhol Pablo Alborán.