Futebol internacional

Fabrice Muamba anuncia ponto final na carreira de futebolista

Muamba vai ficar longe dos relvados
Foto
Muamba vai ficar longe dos relvados Foto: Eddie Keogh/Reuters

Cinco meses após ter desfalecido em campo durante uma partida contra o Tottenham, o futebolista do Bolton anunciou que não volta a jogar.

A decisão foi tomada com base nas recomendações da equipa médica que o tem acompanhado. “No âmbito do meu processo de recuperação, viajei na semana passada até à Bélgica para recolher a opinião de um destacado cardiologista. Mas as notícias que recebi não foram de encontro ao que eu esperava, o que significa que anuncio agora o final da minha carreira de futebolista profissional”, pode ler-se num comunicado de Fabrice Muamba publicado na página oficial do Bolton na Internet.

O futebolista admitia tratar-se de uma notícia “devastadora”, mas mostrava-se agradecido por todo o apoio que recebeu desde que desfaleceu em campo durante uma partida contra o Tottenham, em Março passado.

“Ele está obviamente muito desapontado por não poder continuar a jogar, mas todos vimos o lutador que ele é e a força mental e física que ele tem”, notava o treinador do Bolton, Owen Coyle, no mesmo comunicado. “O mais importante é que ele continua connosco, vivo”, acrescentava.

Fabrice Muamba, que nasceu no antigo Zaire (actual República Democrática do Congo) mas até já tinha representado a selecção sub-21 inglesa, sofreu uma paragem cardíaca em pleno jogo contra o Tottenham, a 17 de Março. O coração do médio do Bolton precisou de 15 descargas do desfibrilhador para voltar a bater. Fabrice Muamba esteve “morto” durante 78 minutos depois de ter caído inanimado no relvado, afirmou na altura o médico do Bolton, Jonathan Tobin.

Sugerir correcção