Ilustração

25 de Abril: a ilustração 38 anos depois de João Abel Manta

Fotogaleria

Se há alguém que deixou a sua marca indelével na ilustração portuguesa dos tumultuosos anos de 1974 e 1975 foi João Abel Manta. O seu álbum “Caricaturas Portuguesas dos Anos de Salazar”, lançado em 1978, ficou como a melhor caricatura de um regime político caquéctico e autista. Trinta e oito anos depois, o P3 pediu à Ó! Galeria que desafiasse alguns dos seus jovens ilustradores, alguns deles ainda nem sequer nascidos nesse dia de Abril, a olharem para os trabalhos icónicos de Abel Manta e a reinterpretarem-nos. Trinta anos depois, a ilustração nunca esteve tão desperta em Portugal. Os trabalhos de Rosa Feijão, Leonor Zamith, Tamara AlvesHélia Aluai e Sílvia Rodrigues são um tributo ao artista plástico. Ilustração sempre, fascismo nunca mais.

Sugerir correcção