Acção da ASAE obrigou a mudar banquete de Cavaco

Foto
O jantar acabou por se realizar no Palácio Nacional de Queluz Presidência da República Portuguesa

Uma acção inspectiva desta polícia da higiene e segurança considerou que a cozinha do Palácio Nacional da Ajuda - onde habitualmente se realizam os banquetes oficiais - não dispunha das condições exigidas por lei e mandou encerrá-la, situação em que se mantém. Confrontada com a situação, a Presidência da República e o Protocolo do Estado alteraram, na manhã de quinta-feira, o jantar para o Palácio Nacional de Queluz, onde acabou por se realizar, com a presença de altas figuras dos Estados português e polaco.

O encerramento da cozinha pela ASAE foi confirmado ao PÚBLICO pelo assessor do Ministério da Economia, que referiu as más condições de higiene e segurança sem especificar. Outra fonte acrescentou que a falta de condições se verifica no apoio à cozinha, mas que a situação é reversível com obras e aquisição de equipamento. O PÚBLICO contactou a Presidência da República, o Ministério dos Negócios Estrangeiros e as responsáveis pelos dois palácios, mas ninguém quis prestar declarações.

Sugerir correcção
Comentar