Dínamo10: trabalhar em tempos de crise (e cólera) em Viana

A ideia não é nova, mas é anti-crise e já chegou a Viana do Castelo. O Dínamo10 — um espaço com 108 metros quadrados e dez postos de trabalho — instalou-se no centro histórico da cidade

DR
Fotogaleria
DR
DR
Fotogaleria
DR

Um casal de arquitectos e uma cadela com muita pinta. Lola foi adoptada por Joana Carvalho e Carlos Valencia, de 31 e 34 anos, respectivamente, e também já faz parte da equipa do Dínamo10 — um espaço de “coworking” inaugurado em Abril de 2011, no centro histórico de Viana do Castelo.

Após ponderarem alugar um escritório no centro da cidade e constatarem que os preços praticados eram “muito elevados”, Joana e Carlos decidiram investir 16 mil euros e criar um espaço conjunto em que tudo é partilhado: “Para que havíamos de comprar uma 'plotter' para só a usarmos nós? Para além disso partilhamos a renda, o que é óptimo para todos”, afirma Joana ao P3.

Com luzes em zigue-zague orientadas por um cabo eléctrico preto no tecto, música ambiente e um pátio exterior, o Dínamo10 —nome inspirado no dispositivo que transforma energia mecânica em eléctrica — é uma plataforma multidisplinar onde se alugam postos de trabalho para “'freelancers', empresas ou pessoas cansadas de trabalhar isoladas em casa ou em escritórios convencionais” se estabelecerem.

Foto
O pátio é uma das mais-valias do Dínamo10 Adriano Miranda

Trabalhar em conjunto a baixo custo

Foto
Carlos Valencia acredita que é preciso ser o melhor pelo mesmo preço Adriano Miranda

Aliado a uma “qualidade de vida excepcional” que Viana proporciona aos seus habitantes, frisa Joana, aqui existe "uma qualidade de trabalho a um baixo custo, 24 horas por dia, 365 dias por ano"... mesmo que, na opinião de Carlos, se tenha que "ser o melhor pelo mesmo preço".

Foto
Cada posto de trabalho é alugável por 150 euros por mês, 40 euros por semana ou nove euros por dia Adriano Miranda

Com uma mensalidade de 150 euros, cada “coworker” tem ao seu dispor uma mesa, uma cadeira, um espaço de armazenamento, uma "plotter", uma guilhotina e uma fotocopiadora. No preço inclui-se também a luz, água, Internet, ar condicionado, alarme anti-roubo, limpeza e café de cortesia.

A Dínamo10 tem, para já, seis postos de trabalho ocupados: Joana e Carlos (os entrevistados), Liliana (designer), Mara (arquitecta), Bruno (também arquitecto) e Carlos (designer gráfico), todos com idades compreendidas entre os 25 e os 34 anos. De seis em seis semanas promovem-se eventos como exposições ou workshops com valores entre os dez e os 20 euros, no âmbito do Inauguro.

Foto
O pátio é uma das mais-valias do Dínamo10 Adriano Miranda
Foto
Carlos Valencia acredita que é preciso ser o melhor pelo mesmo preço Adriano Miranda
Foto
Cada posto de trabalho é alugável por 150 euros por mês, 40 euros por semana ou nove euros por dia Adriano Miranda