Liga dos Campeões

Basileia mantém-se na luta, Bayern e Inter qualificam-se

Alexander Frei festeja o segundo golo do Basileia frente ao Otelul Galati
Foto
Alexander Frei festeja o segundo golo do Basileia frente ao Otelul Galati Radu Sigheti/Reuters

Para além do Benfica, mais duas equipas qualificaram-se para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Inter e Bayern Munique garantiram a passagem à fase seguinte após empatarem na Turquia, frente ao Trabzonspor, e vencerem na Alemanha o Villarreal, respectivamente. No grupo dos “encarnados”, o Basileia vai disputar com o Manchester United o apuramento na última jornada, após ter derrotado o Otelul Galati por 3-2. Em Madrid, mesmo com algumas poupanças, o Real despachou o Dínamo Zagreb por 6-2.

Em Munique, o Bayern necessitava de um triunfo frente ao Villarreal para assegurar o apuramento e os bávaros não sentiram grandes dificuldades contra uma equipa espanhola que é uma das desilusões na prova e ainda não somou qualquer ponto. Aos 24 minutos, os alemães já venciam por 2-0, com golos de Ribéry e Gómez. E, apesar de Guzman ter reduzido aos 50’, Franck Ribéry fixou o resultado final em 3-1, aos 69’.

No outro jogo do Grupo A, o Nápoles derrotou em Itália o Manchester City por 2-1 e subiu ao segundo lugar. Os dois golos dos italianos foram apontados pelo goleador uruguaio Edinson Cavani (17’ e 49’), enquanto Balotelli marcou para os ingleses. Na última jornada, os napolitanos jogam no terreno do Villarreal e, se vencerem, deixam o Manchester City fora dos “oitavos”.

O Inter também assegurou a passagem à fase seguinte e o primeiro lugar no Grupo B, ao empatar com o Trabzonspor (1-1). Alvarez colocou a equipa de Milão a vencer aos 18’, mas, cinco minutos depois, Altintop fez a igualdade que se manteve até final. Com o ponto conquistado, os turcos subiram ao segundo lugar por troca com o CSKA Moscovo, que foi surpreendido em casa pelo Lille (2-0).

Sem Cristiano Ronaldo, Casillas e Pepe, o Real Madrid goleou o Dínamo Zagreb, de Tonel. Aos 20’, os madridistas já venciam por 4-0 (Benzema 2’, Callejón 6’, Higuaín 9’ e Özil 20’) e, na segunda parte, chegaram à meia-dúzia com Benzema e Callejón a bisarem. Nos últimos 10 minutos, os croatas conseguiram marcar os dois primeiros golos na competição. Esta foi a 12.ª vitória consecutiva de Mourinho em jogos oficiais.

Por definir ainda está quem vai terminar no segundo posto do Grupo C. Lyon e Ajax empataram a zero em França e, na última jornada, um ponto garante aos holandeses a qualificação.