DR
Foto
DR

Uma nova Arca para ajudar a recuperar o Japão

O arquitecto Arata Isozaki assina o projecto de uma sala de concertos insuflável e itinerante

Será a versão moderna da Arca de Noé. Chama-se Ark Nova. Noé é agora o arquitecto Arata Isozaki e o pretexto para a empreitada não é o Grande Dilúvio da Bíblia, mas sim o terramoto no Japão.

A catástrofe no dia 11 de Março serviu de inspiração ao desenho de uma invulgar sala de concertos — móvel e insuflável, capaz de chegar a todas as zonas afectadas —, uma ideia do Festival de Lucerna, na Suíça, e da agência Kajimoto Music.

A concha, com design do artista plástico indiano Anish Kapoor (um vermelho vivo, como um coração), protegerá entre 500 a 700 espectadores e será feito de um material elástico que permita uma rápida instalação e desmontagem.

PÚBLICO -
Foto
A sala de concertos receberá concertos de música clássica, jazz, dança... DR

No passado mês de Maio, Kapoor apresentara em formas semelhantes a gigantesca escultura Leviathan (em PVC vermelho) no Grand Palais, em Paris, tendo-a dedicado ao artista chinês Ai Weiwei. A acústica da Ark Nova fica a cargo de Yasuhisa Toyota e as restantes peças da sala de espectáculos terão a assinatura de David Staples.

PÚBLICO -
Foto
O design é do artista plástico indiano Anish Kapoor DR

Ainda em fase de projecto a sala de concertos receberá concertos de música clássica, jazz, dança e outros projectos interdisciplinares e multimedia. Todo o programa da digressão será suportada por sponsors e mecenas de forma a proporcionar espectáculos gratuitos às populações afectadas em Março.