Vítor Pereira: "Perdemos dois pontos"

Foto
"Na primeira parte o FC Porto foi uma equipa de grande nível", diz o técnico portista José Manuel Ribeiro/Reuters (arquivo)

“Na primeira parte o FC Porto foi uma equipa de grande nível, de pressão alta, a criar situações, a querer ganhar, encostámos o Benfica lá atrás. Pena foi não concretizarmos as situações que tivemos na primeira parte. Entrámos na segunda parte com um golo deles e a partir desse momento deixámos de gerir bem a posse de bola e de sair a jogar. Pelo que fizemos na primeira parte perdemos dois pontos”, frisou Vítor Pereira, lamento a falta de capacidade do FC Porto para ir procurar a vitória depois de o Benfica ter empatado pela segunda vez.

Para o técnico portista, que fez o seu primeiro “clássico” como treinador principal, o Benfica esteve mais “à procura do empate, do ponto”, salientando que são os “encarnados” que saem por cima do jogo no Dragão. “Jogavamos em casa, devíamos ter ganho. Eles tiveram uma abordagem ansiosa, de contenção, à procura do erro. Houve um período em que não fomos iguais a nós próprios e eles cresceram”, observou, justificando o facto de não ter ainda apresentado o mesmo “onze” com a necessidade de equilíbrio entre a estabilidade na equipa e a gestão do plantel.

Kléber: "Balde de água fria"

O avançado brasileiro Kléber também fez a sua estreia em "clássicos", e com o golo que acabaria por não chegar para a vitória portista. "Acho que merecíamos ter ganho pela primeira parte que fizemos. Depois, sofremos o golo do empate que foi um balde de agua fria", lamentou o antigo jogador do Marítimo, que esta semana foi convocado por Mano Menezes para a selecção brasileira: "Trabalhamos sempre para chegar lá, acho que é mérito. Enquanto o dia da selecção não chega, estou focado no FC Porto. Mas claro que estou feliz pela chamada."

Notícia actualizada às 23h19