RWC 2011

Itália resistiu à candidata Austrália durante 50 minutos

Os italianos deram muita luta aos australianos
Foto
Os italianos deram muita luta aos australianos IRB

A selecção australiana, uma das principais candidatas à vitória do Mundial de râguebi, estreou-se este domingo na prova com um triunfo sobre a Itália por 32-6.

Os italianos realizaram uma excelente primeira parte onde não foram inferiores à poderosa equipa australiana. A juventude dos Wallabies – a Austrália tem a mais baixa média de idades de todas as selecções presentes na Nova Zelândia -, acabou por fazer-se sentir e os experientes italianos conseguiram terminar os primeiros 40 minutos empatados a seis pontos.

Nos 34 jogos anteriores da Austrália em Mundiais apenas por três vezes a equipa da Oceânia tinha terminado a primeira parte com um número tão baixo de pontos.

Na segunda parte, principalmente após a entrada de James O’Connor, os Wallabies melhoraram imenso. Aos 50’ o pilar Ben Alexander fez o primeiro ensaio do jogo, os australianos libertaram-se da pressão e mostraram do que são capazes conseguindo acabar o encontro com os quatro ensaios que lhes garante um ponto de bónus.

Apesar da derrota, a Itália deixou uma excelente imagem, o que não tinha acontecido em 2007 onde foram derrotados na estreia pela Nova Zelândia por 76-14. Os italianos confirmaram que têm argumentos para discutir com a Irlanda o segundo lugar do Grupo C e o respectivo apuramento para os quartos-de-final.

Estatística: Austrália-Itália (32-6)

Ensaios:Austrália – 4 (Ben Alexander 50’; Digby Ioane 55; Ashley-Cooper 58’; James O’Connor 68’)
Itália – 0

Penalidades convertidas:Austrália – 2 em 3 (Quade Cooper 19’ e 30’)
Itália – 2 em 3 (Bergamasco 38’ e 40’)

Posse de bola:Austrália – 52 por cento
Itália – 48 por cento

Ocupação de terrenoAustrália – 62 por cento
Itália – 38 por cento

Formações ordenadas a favorAustrália – 5 ganhas, 1 perdida
Itália – 6 ganhas, 0 perdidas

Alinhamentos a favor:Austrália – 9 ganhos, 3 perdidos
Itália – 16 ganhos, 2 perdidos

Erros no jogo à mão:Austrália – 10
Itália – 12

Placagens:Austrália – 70 concretizadas, 6 falhadas
Itália – 104 concretizadas, 9 falhadas

Jogador com mais placagens: Sergio Parisse (Itália) com 17 concretizadas

Homem do jogo: James Horwill (Austrália)