Benfica

Jorge Jesus: "Penálti do FC Porto não existiu"

Jesus: "Os campeonatos não se ganham no início"
Foto
Jesus: "Os campeonatos não se ganham no início" Miguel Vidal/Reuters (arquivo)

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, reconheceu que o FC Porto parte em vantagem para a segunda jornada, mas sublinhou que esta resulta, na sua opinião, de uma ilegalidade.

"A verdade é que foi um golo um pouco duvidoso, numa grande penalidade que, na minha opinião, não existiu", afirmou o técnico "encarnado", na conferência de imprensa de antevisão do próximo jogo do campeonato, frente ao Feirense.

O Benfica encontra-se dois pontos atrás dos "dragões", fruto do empate (2-2) com o Gil Vicente na jornada inaugural, mas Jorge Jesus desdramatizou o resultado menos positivo da semana passada, garantindo que ainda há muito campeonato para jogar.

"Os campeonatos não se ganham no princípio, é verdade que as coisas tornam-se mais fáceis se começarmos bem. As primeiras jornadas são importantes, mas não fundamentais", explicou.

Sobre a partida de sábado, o técnico das “águias” indicou que pretende um bom resultado e ressalvou que o empate com o Gil Vicente “já passou”.

“Vamos fazer o nosso primeiro jogo para o campeonato em casa e queremos começar com uma vitória e um jogo bem conseguido. Habituei os adeptos a isso", disse.

Jorge Jesus deixou rasgados elogios ao guarda-redes Mika, que tem sido peça-chave na caminhada da selecção sub-20 portuguesa no Campeonato do Mundo da modalidade, e garantiu que o Benfica tem bastantes soluções de qualidade para a baliza.

“O Mika é um guarda-redes jovem, português, percebemos que poderia ser um jogador de futuro”, assinalou. “Está a justificar [a contratação] neste Campeonato do Mundo, e neste momento, juntamente com o Eduardo e o Artur, o Benfica tem três bons guarda-redes, dois dos quais portugueses.”

Notícia actualizada às 13h23