Manuel Machado quer evitar erros da final da Taça de Portugal

Foto
Machado pensa na melhor estratégia

“Espero fazer um resultado bem diferente e que não se repitam um conjunto de erros defensivos, alguns de carácter individual, que penalizaram a equipa”, disse Manuel Machado, assegurando que o Vitória de Guimarães também tem “argumentos” e parte “com ambição e confiança” em conquistar o troféu.

O treinador vimaranense adiantou: “Espero que sejam jogos mais equilibrados como os que aconteceram no campeonato, em que empatámos em Guimarães e perdemos 2-0 no Dragão, sofrendo os golos apenas no último terço da partida”, disse.

Sobre a final da Taça de Portugal, disse que foi um jogo “particular” e que, apesar da pesada derrota, considera que a equipa “foi brilhante”. “Equilibrámos muito bem as coisas em quase todos os itens, menos na finalização, porque o Vitória não teve menos oportunidades do que o FC Porto, mas a qualidade dos seus praticantes fez a diferença”, recordou.

Manuel Machado considera que a amostra da pré-temporada “denuncia um FC Porto fortíssimo novamente” e desvalorizou a mudança no comando técnico: “Não muda nada, só a cara do treinador. O FC Porto é uma estrutura ímpar em Portugal na organização de um grupo de trabalho”.

O Vitória vai iniciar o jogo em Aveiro menos de 72 horas depois de ter terminado a segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa (triunfo por 2-1 sobre o Midtjylland), pelo que poderá acusar “algum desgaste”.

O FC Porto vai apresentar-se “mais fresco”, mas os jogadores vitorianos terão o “catalisador anímico” do apuramento europeu, sendo que é “previsível algum reajustamento” na equipa titular, admitiu o técnico.

Manuel Machado defendeu que a equipa ainda não está definida e que até 31 de agosto haverá reajustes com o objectivo de obter “um grupo mais igual e mais compacto para prevenir eventuais contrariedades” e prometeu dar mais luta ao vizinho e rival bracarense.

“Vamos tentar fazer mais pontos e algo de mais na tabela classificativa. O ataque ao quarto lugar é o que está no nosso consciente. Vamos ter um grupo mais aproximado em temos de qualidade e quantidade do nosso vizinho Sporting de Braga e vamos com certeza ser mais combativos nessa luta pelo quarto lugar”, assegurou.