FC Porto

Pinto da Costa lamenta não ver a equipa recebida na câmara do Porto

Pinto da Costa atirou algumas farpas a Rui Rio
Foto
Pinto da Costa atirou algumas farpas a Rui Rio DR

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, confessou à chegada ao Porto, proveniente de Dublin, que sente alguma mágoa pelo facto de os “dragões” não serem recebidos nos Paços do Concelho “como merecem”.

“Se eu fosse presidente da câmara, receberia o FC Porto. Mas como sou presidente do FC Porto, não costumo assaltar câmaras”, disse o presidente dos “dragões”, que chegou ao Porto antes da restante comitiva “azul e branca”, depois da conquista da Liga Europa de futebol.

O dirigente anunciou que o FC Porto irá receber do Governo Civil do Porto uma comenda por mérito, numa cerimónia a decorrer a 24 de Maio, sublinhando que este foi o único convite que recebeu até ao momento

Pinto da Costa adiantou que não recebeu qualquer convite para fazer a festa na Avenida dos Aliados e que a deslocação à “sala de visitas” do Porto, após a chegada, “nasceu por decisão e vontade de todos”.

“Em bodas e batizados só vai quem é convidado e nós não fomos”, rematou Pinto da Costa, acrescentando que também já não faz parte do programa dos “dragões” deslocações ao edifício da Câmara Municipal do Porto.

Em relação ao título alcançado em Dublin, Pinto da Costa classificou-o de uma grande alegria e mais um motivo de festa, apesar de não ter sido um grande jogo, reconhecendo que “não foi [um jogo] aberto, cada equipa jogou com as sua armas”.

De acordo com o presidente dos “dragões”, o plantel, a partir de sexta-feira, terá “tolerância zero” para preparar a final da Taça de Portugal, a disputar no domingo com o Vitória de Guimarães.

Quanto à próxima época, o presidente do FC Porto garantiu que “já está tudo decidido há muito”, reconhecendo como “fundamental manter os jogadores que o técnico considera importantes para manter o ciclo de vitórias”, escusando-se a avançar possíveis contratações ou transferências.

“Não é normal no FC Porto anunciar noticias. Não é o nosso forte. O nosso forte é anunciar coisas que estão feitas, concretizadas, e é o que faremos”, frisou.

Milhares à espera logo no aeroporto

Pouco depois, a equipa de futebol que venceu na quarta-feira a Liga Europa, aterrou no aeroporto Francisco Sá Carneiro e o “capitão” Helton foi o primeiro a sair do avião apresentando o troféu.

Os “dragões” seguiram directamente para o “coração” da cidade do Porto, onde terão à sua espera alguns milhares de adeptos. Outros, contudo, preferiram não esperar tanto e vitoriaram a equipa logo à saída do aeroporto.