FC Porto

Pinto da Costa critica preferência de Laurentino Dias pelo Sporting de Braga

Pinto da Costa disse que Laurentino Dias não felicitou o clube pela conquista do título nacional
Foto
Pinto da Costa disse que Laurentino Dias não felicitou o clube pela conquista do título nacional Paulo Pimenta (arquivo)

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, criticou nesta terça-feira o secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias, por só agora ter vindo a público anunciar a sua preferência pela vitória do Sporting de Braga na Liga Europa de futebol.

“Que o tenha feito quando sabe que o adversário é o FC Porto, é algo perfeitamente natural, porque a sua grande dimensão corporal não é correspondida com uma intelectualidade, uma moral e um estatuto de dirigente nacional, que ele devia ter”, afirmou o dirigente portista, à entrada de um jantar onde o clube foi homenageado por uma centena de professores da Universidade do Porto.

Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, em declarações na segunda-feira, manifestou uma preferência pelo Sporting de Braga, referindo: “O FC Porto que não me leve a mal, mas eu nasci no distrito de Braga e vivi naquela zona, por isso, se tiver que torcer pela vitória de alguém, que seja do Sporting de Braga”.

"Na meia-final entre o Sporting de Braga e o Benfica ele não o podia fazer, porque se o fizesse, se calhar, estava a mentir", afirmou ainda o líder dos "dragões".

Pinto da Costa comparou a atitude do membro do Governo com a do Presidente da República: “Não foi capaz de assumir [o estatuto de Estado], como fez o professor Cavaco Silva, que mandou o mesmo telegrama às duas equipas, desejando que seja uma festa do futebol e a congratular-se por ir vencer, de certeza absoluta, uma equipa portuguesa”.

Entre as críticas do presidente do FC Porto, sobressaiu a ausência de felicitação pela conquista do campeonato pelo responsável do Governo pela pasta do Desporto: “Ele ainda nem sabe que o FC Porto foi campeão, pois ainda não se dignou a mandar um simples fax, telegrama ou mensagem a felicitar o clube”.

“Portanto, ele pode dizer o que quiser, os maiores disparates, pois não nos zangamos nem nos ofende com nada que venha dele”, afirmou o dirigente.

Pinto da Costa concluiu desejando distância face ao membro do Governo caso se desloque à capital da República da Irlanda: “Que esteja do lado de lá, que da nossa parte nem gostaríamos de o ver”.

A presença do presidente do FC Porto no jantar organizado no Círculo Universitário deveu-se ao convite dos muitos adeptos do clube no meio académico para celebrar a conquista do 25.º título nacional do clube.

Jorge Olímpio Bento, da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, sintetizou o simbolismo do encontro: “Há três grandes instituições portuenses que fazem a promoção de Portugal no Mundo: FC Porto, Vinho do Porto e a Universidade do Porto”.

“Temos que reconhecer que o FC Porto exerce um grande estímulo e um grande poder de atracção nessa busca da excelência ao serviço do nosso país”, concluiu o docente catedrático.

O FC Porto e o Sporting de Braga disputam, no dia 18 de Maio, a final da Liga Europa de futebol, em Dublin, capital da República da Irlanda.