Morreu Polly Styrene, um dos ícones punk

Foto

Vocalista dos X-Ray Spex morreu esta segunda-feira de cancro da mama

Polly Styrene, mais conhecida como a vocalista da banda punk X-Ray Spex, morreu, esta segunda-feira, aos 53 anos de cancro da mama.

Um porta-voz da artista confirmou a morte esta manhã. No Twitter de Poly pode-se ler: "Podemos confirmar que a maravilhosa Poly Styrene, que foi uma verdadeira lutadora, ganhou a sua batalha esta segunda-feira à noite, tendo ido para um lugar mais alto."

Um dos ícones punk dos anos 1970 e 1980, Polly Styrene, cujo verdadeiro nome é Marian Joan Elliott-Said, revelou em Fevereiro que lhe tinha sido diagnosticado um cancro da mama, já em estado avançado.

Os X-Ray Spex formaram-se em 1976 e lançaram apenas um disco, "Germ Free Adolescents", em 1978. O single "Oh Bondage Up Yours!" ainda hoje é uma das músicas mais conhecidas da banda. Depois Poly abandonou a banda e aventurou-se numa carreira a solo. O último álbum, "Generation Índigo" chegou às lojas no final do mês de Março.

"Eu sei que provavelmente vou ser lembrada pela 'Oh Bondage Up Yours!' mas eu gostava de ser lembrada por algo mais espiritual", disse Poly numa entrevista à BBC6 Music em Março quando promovia o seu mais recente trabalho.