Benfica-FC Porto

Apagão na Luz pode valer ao Benfica multa de 250 a 2500 euros

O FC Porto festejou às escuras na Luz
Foto
O FC Porto festejou às escuras na Luz Enric Vives-Rubio

O Benfica pode incorrer numa multa de 250 a 2500 euros por ter apagado as luzes do Estádio da Luz, logo após o jogo com o FC Porto, numa altura em que os jogadores portistas estavam no relvado e ainda havia adeptos nas bancadas.

O regulamento disciplinar da Liga não inclui nenhuma norma específica sobre este tipo de atitude, mas poderá ser enquadrado no artigo 101.º, relativo à inobservância dos deveres dos clubes.

“Em todos os outros casos não expressamente previstos em que os clubes deixem de cumprir os deveres que lhes são impostos pelos regulamentos e demais legislação aplicável são punidos com a multa de 250 a 2500 euros”, lê-se no artigo 101.º do regulamento disciplinar.

Este artigo relaciona-se com a alínea c do número 9 do artigo 19.º do regulamento de competições, que atribui ao clube visitado a obrigação de "zelar pela segurança da equipa de arbitragem, delegado da Liga, observador do árbitro e dos demais intervenientes do jogo."

Contactada pelo PÚBLICO, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional recusou comentar o caso, sendo certo que a decisão quanto a uma eventual punição do Benfica caberá à Comissão Disciplinar, cuja próxima reunião se realiza nesta terça-feira.

Logo após o fim do jogo, apagaram-se as luzes do estádio e foi ligado o sistema de rega do relvado.

A PSP já criticou duramente a atitude do Benfica, acusando os responsáveis do clube de terem colocado “em causa a segurança dos agentes da polícia em serviço no interior do estádio e isso não pode voltar a acontecer”, disse o subintendente Costa Ramos, responsável pela operação policial, citado pela Lusa.

O FC Porto também reagiu, acusado o rival de mau perder: "É o exemplo mais vivo do fair-play de alguma gente que gosta de parecer muito educada, mas a quem, mais tarde ou mais cedo, cai a máscara. Ela iria sempre cair, foi hoje como podia ser noutro dia qualquer", lê-se num comunicado publicado no site oficial do clube.

Notícia actualizada às 15h25