Remodelação em Luanda

Ex-oficial da UNITA foi nomeado Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas Angolanas

General Geraldo Sachipengo Nunda,
Foto
General Geraldo Sachipengo Nunda, DR

O general Geraldo Sachipengo Nunda, antigo oficial da UNITA, foi hoje nomeado pelo Presidente José Eduardo dos Santos Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas Angolanas (FAA), em substituição de Francisco Pereira Furtado.

O General Jorge Barros Nguto, que era desde o fim de 2006 Chefe do Estado-Maior do Exército, fica como adjunto do Chefe de Estado-Maior das FAA, nas funções que há cerca de 15 anos eram ocupadas por Nunda.

Por outro lado, Sebastião José António Martins, dos serviços de segurança do Estado, foi nomeado ministro do Interior, em substituição de Roberto Leal Monteiro, “N’gongo”, recentemente exonerado por ter mandado raptar em São Tomé e Príncipe e extraditar ilegalmente para Luanda o cidadão português José Manuel dos Santos Oliveira, acusado de um desfalque numa empresa angolana.

Numa série de remodelações, José Eduardo dos Santos também exonerou Manuel Nunes Júnior de ministro de Estado e da Coordenação Económica, tendo extinguido este ministério e criado o da Economia. O novo ministério fica entregue a Abraão Pio dos Santos Gourgel, até agora governador do Banco Nacional de Angola; este banco passa a ser chefiado por José de Lima Massano. A área económica da comissão permanente do Conselho de Ministros passa a ser dirigida, em delegação de poderes, por Carlos Feijó, ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República.