Müller, Alegre e Rosa Mendes na Dom Quixote

Foto

Herta Müller, a Prémio Nobel da Literatura de 2009, virá a Portugal no final do mês de Junho, altura em que a editora Dom Quixote irá lançar o seu mais recente romance

Herta Müller, a Prémio Nobel da Literatura de 2009, virá a Portugal no final do mês de Junho, altura em que a editora Dom Quixote irá lançar o seu mais recente romance. A escritora alemã que nasceu na Roménia já tem dois livros editados em Portugal ("O Homem é um Grande Faisão sobre a Terra", na Cotovia, e "A Terra das Ameixas Verdes", na Difel). A Dom Quixote publicará agora "Atemschaukel" (ainda sem título em português).

O catalão Enrique de Hériz, autor de "Mentira", está de regresso com "Manual da Escuridão", um novo romance desta vez sobre a carreira do ilusionista Víctor Losa, que depois de ter sido homenageado pelos seus colegas em Lisboa e consagrado como o melhor mágico do mundo começa a perder a visão. Enrique de Hériz estará também em Portugal no dia 12 de Abril para promover a sua obra.

No final de Março, Manuel Alegre publica na Dom Quixote uma novela. "O Miúdo que Pregava Pregos numa Tábua" mistura o universo de "Alma" com a fluidez da escrita de "Cão Como Nós", explica a editora Cecília Andrade. O escritor e jornalista Pedro Rosa Mendes, autor de "Baía dos Tigres", regressa em Maio, depois de muitos anos de ausência, com um romance sobre Timor: "Peregrinação de Enmanuel Jhesus". E, em Abril, Inês Pedrosa lançará o romance "Os Íntimos" que se passa numa noite em que um grupo de amigos se encontra. "É um livro que penetra no universo masculino", sublinha Cecília Andrade. Os jornalistas Vítor Serpa e Henrique Monteiro irão lançar romances este ano: "Tanta Gente em Mim" (novela policial imaginada por Serpa) e "Toda uma Vida" (história de uma espanhola que vive em Portugal).