Actual director Paulo Henriques afastado ontem

António Filipe Pimentel será o novo director do Museu de Arte Antiga

Pimentel, que agora rumará ao MNAA, era director do Museu Grão Vasco, em Viseu
Foto
Pimentel, que agora rumará ao MNAA, era director do Museu Grão Vasco, em Viseu Carlos Lopes

António Filipe Pimentel será o novo director do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em substituição de Paulo Henriques, que foi ontem afastado do cargo. O nome já foi oficialmente confirmado pelo Ministério da Cultura.

Em conferência de imprensa, Gabriela Canavilhas, ministra da Cultura, explicou que o perfil que o Governo procurou para o MNAA foi o de uma pessoa "mais aberta à comunidade e com capacidade de ligação ao mundo empresarial."

Doutorado em História de Arte pela Universidade de Coimbra, António Filipe Pimentel era director do Museu Grão Vasco desde Setembro. Foi pró-reitor da Universidade de Coimbra com competências na área do Património e da Candidatura da Universidade a Património Mundial.

Durante a apresentação do Plano Estratégico para os Museus do Século XXI – um plano que refere a necessidade de introduzir “práticas de gestão” e de conseguir “ganhos de eficácia” na forma como os museus portugueses são geridos -, que decorreu hoje à tarde, o Ministério admitiu que poderá avançar para um modelo de direcção bicéfala em alguns museus nacionais.

Este tipo de direcção poderá ser testado no MNAA, disse o director do Instituto dos Museus e Conservação, João Brigola. De acordo com o modelo, o director ficariam mais com a gestão da imagem do museu e o subdirector com maior ligação ao estudo e conservação das colecções.

O modelo implica alterações legislativas, pelo que ainda não é possível prever quando começará a ser aplicado.

Notícia actualizada às 18h17