PSD: Manuela Ferreira Leite cancelou deslocação à Madeira por motivos de doença

Foto
A líder social-democrata não tinha sido convidada para a festa em 2008 Adriano Miranda (arquivo)

A mesma fonte adiantou que a direcção nacional do partido vai estar representada nesta iniciativa do PSD/M pelo secretário-geral, Marques Guedes.

Em 2008, diferenças entre Manuela Ferreira e Alberto João Jardim, fizeram com que o PSD/M não convidasse a líder nacional para estar naquela que é considerada a maior concentração madeirense, estimando a organização a presença de cerca de 40 mil pessoas no planalto das serras sobranceiras ao Funchal.

Nessa altura, Jardim considerou que Manuela Ferreira Leite não tinha capacidade para ganhar eleições e classificou-a de "candidata de facções".

A líder desvalorizou a situação, sustentando que o PSD não devia "fazer política folclórica, tendo cuidado com as festas e os recursos que gastamos nelas".

Jardim respondeu, afirmando que "há gente que não gosta do povo, prefere estar com a grande burguesia do eixo Lisboa-Cascais e a grande burguesia do Porto. Não é o nosso PSD".

A festa do Chão da Lagoa é um evento anual do PSD/M que decorre desde 1975, contou com a presença de diferentes lideres do partido, começando com Francisco Sá Carneiro, passando por Marcelo Rebelo de Sousa, Duraão Barroso, Marques Mendes, entre outras figuras.