Estrela do cinema dos anos 40 e 50

Actriz portuguesa Milu morreu hoje aos 82 anos

A "namoradinha de Portugal" fazia as capas das principais revistas nacionais
Foto
A "namoradinha de Portugal" fazia as capas das principais revistas nacionais DR

A actriz portuguesa Milu faleceu hoje às 06h00, em Cascais. Uma das mais famosas estrelas do cinema português participou nos filmes que marcaram as décadas de 40 e 50. A actriz tinha 82 anos e estava no Hospital de Cascais, devido a uma infecção pulmonar.

Maria de Lurdes de Almeida Lemos nasceu a 24 de Abril de 1926. Aos dez anos a sua voz começou a ser ouvida nas rádios. Estreou-se com doze anos no filme "Aldeia da Roupa Branca" ao lado de Beatriz Costa. A sua beleza e um perfil fotogénico foram alvo do fascínio de gerações de portugueses que seguiram atentamente a sua vida.

Em 1942 foi protagonista no filme “O Costa do castelo”, de Artur Duarte, onde encarnou “Luisinha” e deu voz à Música “Minha casinha”, que mais tarde foi repescada pelos “Xutos e Pontapés”.

Em Dezembro de 1943 Lisboa inteira testemunhou o seu primeiro casamento na igreja de São Sebastião da Pedreira. Mas os fãs continuaram a chamar por ela, e entrou "Cantiga da Rua","O Leão da Estrela", em 1947, "O Grande Elias", em 1950 entre outros filmes.

Devido à sua fama e beleza encarnou "a namoradinha de Portugal", as revistas de cinema e quase todas as outras escolhiam-na para capa. Teve oportunidade de fazer teatro de revista no Teatro Avenida, entrando em "Ó Rosa Arredonda a Saia" e no Teatro Variedades com "A Vida é Bela". Entrou em alguns filmes em Espanha, nos anos de 1943 e 1946.

Casou, pela segunda vez em 1960 e viveu no Brasil até 1968, tendo actuado na televisão brasileira, esporadicamente. A sua última aparição nas salas de cinema foi em "Kilas o Mau da Fita", de José Fonseca e Costa, em 1980.

O funeral vai ter lugar amanhã, dia 6. O corpo sai da Igreja de São João do Estoril às 16h00, em direcção ao cemitério da Galiza.