Irão diz que informações sobre tentativa de assassinato de Putin "não têm fundamento"

Foto
O Irão confirman que o programa de recepção a Putin se mantém Reuters

“As informações avançadas por certos media são totalmente sem fundamento e fazem parte da guerra psicológica dos inimigos para perturbar as relações entre o Irão e a Rússia”, disse o porta-voz do ministério iraniano, Mohammad Ali Hosseini, acrescentando que “essa informações erradas não terão qualquer efeito no desenrolar normal do programa estabelecido”.

O Kremlin avançou hoje que o Presidente Putin foi informado de um possível atentado-suicida contra a sua pessoa durante a sua visita, terça-feira, ao Irão.

“Não podemos comentar essa informação mas podemos confirmar que o Presidente foi informado”, disse um porta-voz do Kremlin em declarações à AFP, referindo-se a uma informação avançada pouco antes pela agência noticiosa russa Interfax, que citou uma fonte “no seio dos serviços especiais russos”. Segundo a mesma fonte, não identificada pela Interfax, “vários grupos de ‘kamikazes’ foram criados” para cometer um atentado contra o Presidente russo, que dentro de dois dias visita a capital iraniana, Teerão.