Um dos concertos da sua última digressão

Phil Collins actua amanhã em Lisboa

Phil Collins, natural de Londres, teve o ponto alto da carreira nas décadas de 1980 e 1990
Foto
Phil Collins, natural de Londres, teve o ponto alto da carreira nas décadas de 1980 e 1990 DR

O músico britânico Phil Collins vai actuar amanhã no Estádio José Alvalade, em Lisboa, no âmbito da sua derradeira digressão por palcos internacionais, a First Final Farewell Tour.

Na véspera do jogo da final do Euro 2004, Phill Collins regressa a Portugal para o primeiro concerto no novo estádio do Sporting, depois da sua última apresentação, há dez anos, no velho José Alvalade.

No concerto, que contará com Mike & The Mechanis e Paul Carrack na primeira parte, Phil Collins irá interpretar os 25 maiores êxitos da sua carreira.

A digressão europeia - a primeira em sete anos - teve início no dia 1 de Junho e vai terminar na próxima terça-feira em Génova, Itália, seguindo o músico para os Estados Unidos e Canadá, onde irá actuar até final de Setembro.

Os bilhetes para o concerto de Lisboa, que ainda não está esgotado, custam entre 35 euros (relvado e topo do estádio) e 90 euros (camarotes).

Phil Collins, natural de Londres, teve o ponto alto da carreira nas décadas de 1980 e 1990.

O músico, que recebeu a sua primeira bateria aos 12 anos de idade, passou pelos The Freehold, antes de ingressar nos Genesis como baterista e, mais tarde, como vocalista em substituição de Peter Gabriel.

Nos Genesis permaneceu até 1995, prosseguindo depois uma carreira a solo.

"Testify" é o seu último álbum de originais, editado em 2002, embora se tenha mantido activo com a composição de bandas sonoras para cinema, entre as quais a animação "Kenai e Koda".

Os álbuns "Face Value" (1981), "Hello I Must Be Going" (1982) e "Both Sides" (1993) e os temas "Another Day in Paradise", "Separate Lives" e "You'll Be in My Heart" fazem parte dos êxitos do músico.