Portugal e Brasil juntos no cinema

Festival de Cinema Luso-Brasileiro arranca no domingo em Santa Maria da Feira

Sérgio Bianchi
Foto
Sérgio Bianchi DR

A 6ª edição do Festival de Cinema Luso-Brasileiro arranca no domingo em Santa Maria da Feira, onde se destaca a secção competitiva que incluem longas e curtas-metragens e ainda documentários.

O festival começa no domingo no Auditório da Biblioteca, onde será feita a sessão de abertura com "Devaneios Flutuantes" um espectáculo de dança e ainda um tributo à actriz Isabel Ruth com a exibição do filme "Os Verdes Anos", de Paulo Rocha. "A ideia de criar este evento surgiu em 1997, como um modelo alternativo de edição, que fugisse da rotina e proporcionasse ao público a possibilidade de ver filmes que não seriam exibidos no circuito comercial", disse à Lusa um dos organizadores do evento, Américo Santos.

Para além do tributo a Isabel Ruth, serão também homenageados três realizadores na secção de Realizador em Foco: o cineasta brasileiro Sérgio Bianchi e os portugueses Teresa Villaverde, José Álvaro Morais e Pedro Caldas.

No espaço documentário deste certame destaca-se "Samba Riachão", do brasileiro Jorge Alfredo, que conta com a participação de Caetano Veloso; "Janela da Alma", dos cineastas brasileiros João Jardim e Walter Carvalho que filmaram Wim Wenders e José Saramago; e "Où Gît Votre Sourire Enfoui?", um documentário de Pedro Caldas.

Neste festival vai haver ainda uma secção dedicada às curtas-metragens, com a participação de cinco produções portuguesas: "Margem", de João Carrilho; "31", de Miguel Gomes; "Pensão Internacional", de Rui Goulart; "Cacilheiros Alerta", de Pedro Sena Santos; e "A Costureira Que Engoliu Um Alfinete", de Rita Palma, que recebeu a menção honrosa na categoria d melhor "curta" portuguesa na edição deste ano do Festival Internacional de Curtas-Metragens de Évora.

Finalmente, na categoria longa-metragem, Fernando Matos Silva apresenta "O Rapaz do Trapézio Voador".

"Cinescola" é uma das iniciativas que acompanhará este certame, pretendendo levar o cinema às crianças para que estas aprsentem um pequeno trabalho na escola acerca dos trabalhos visionados.

Na edição do ano passado o júri distinguiu com o prémio de melhor filme "No Quarto da Vanda" uma longa-metragem realizada por Pedro Costa.

O Festival de Cinema Luso-Brasileiro termina no dia 8 de Dezembro, altura em que será feita a sessão de encerramento com a entrega dos prémios aos vencedores e a exibição do filme brasileiro "Cidade de Deus", de Fernando Meirelles.