Ímpar

Quem vence as corridas em Royal Ascot: os cavalos ou os chapéus?

De 18 a 22 de Junho, o desfile de chapéus faz-se em Ascot, onde decorrem as importantes corridas de cavalo apoiadas pela família real britânica.

Os chapéus são parte obrigatória do dress code para Royal Ascot Andrew Couldridge/Reuters
Fotogaleria
Os chapéus são parte obrigatória do dress code para Royal Ascot Andrew Couldridge/Reuters

É um dos eventos sociais mais marcantes do ano em Inglaterra. A sociedade engalana-se para assistir às corridas de cavalos em Royal Ascot. Era um dos momentos favoritos da Isabel II e a família real continua a honrar a tradição, marcando presença diariamente. A abertura, a 18 de Junho, foi feita pelos reis Carlos e Camila, que também fizeram apostas em qual poderia cavalo vencer, tal como o príncipe William, que se destacou no segundo dia de corridas, marcado também pela ausência da princesa de Gales, Kate.

Contudo, as atenções desviam-se para os chapéus. Anualmente, há outro concurso informal: quem usa o chapéu mais excêntrico? Apesar de ser um desfile de vaidades, certo é que o chapéu é parte do protocolo do que vestir para assistir às corridas reais. As mulheres devem usar vestido acima do joelho. Caso usem um casaco, “deve combinar” com o visual total, pode ler-se no site oficial do evento. Para quem preferir usar calças, pode fazê-lo, desde que seja um fato completo. “É obrigatório o uso de chapéu. No entanto, é aceitável um toucado com um diâmetro mínimo de dez centímetros”, determinam.

Para os homens, é obrigatório o uso de fato em preto, cinza ou azul-escuro, sem esquecer o colete a combinar, que poderá ser usado num padrão “patriótico” — “por exemplo, a bandeira nacional é aceitável”, sugere-se. Todavia, é permitida menor criatividade no chapéu, que só poderá ser preto ou cinza e deve ser retirado durante as corridas, caso assistam num camarote.

As corridas em Royal Ascot (e o desfile de chapéus) decorre até este sábado, 22 de Junho.

Mais é mais?
Mais é mais? ALESSIA PIERDOMENICO
Enquanto se espera pelo início das corridas, há tempo para uma <i>selfie</i>
Enquanto se espera pelo início das corridas, há tempo para uma selfie Andrew Boyers / ACTION IMAGES VIA REUTERS
Miss Seijyu Kaho posa para uma fotografia antes das corridas
Miss Seijyu Kaho posa para uma fotografia antes das corridas Andrew Boyers / ACTION IMAGES VIA REUTERS
Há locais dedicados às fotografias entre corridas
Há locais dedicados às fotografias entre corridas Andrew Boyers / ACTION IMAGES VIA REUTERS