Eu não desejava acreditar, mas acredito mesmo

É muito interessante ver quem protestou contra o manifesto dos 50: os membros do aparelho judicial e do sindicalismo no Ministério Público e os jornalistas a quem são dadas as fugas de informação.

Foto
Procuradoria-Geral da República DR
Ouça este artigo
00:00
05:04

A notícia de que houve buscas no ministério que foi liderado por Marta Temido, candidata às eleições europeias, a poucos dias das eleições e em plena fase crucial da campanha, por causa do chamado caso das gémeas”, mostra, sem margem para dúvidas, como responsáveis do Ministério Público não se coíbem de mostrar poder. De facto, trata-se de uma mera exibição de poder; na verdade, mais do que isso, uma demonstração de poder político que tem pouco que ver com a justiça.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 77 comentários