PSD volta a ganhar na Madeira sem maioria e quer “dialogar” para chegar a acordo

O PS quer apresentar uma alternativa, lembrando que, em conjunto com o JPP, tem mais deputados do que o PSD. O partido não fechou a porta a essa hipótese, mas era preciso CDS, IL e PAN aceitarem.

Foto
O PSD teve o pior resultado de sempre na Madeira, ficando com apenas 19 deputados GREGÓRIO CUNHA / LUSA
Ouça este artigo
00:00
05:47

Naquelas que foram possivelmente as eleições regionais mais difíceis para o PSD — com suspeitas de corrupção a pairar no ar e uma segunda ida às urnas em menos de um ano —, os sociais-democratas voltaram a ganhar na Madeira, onde governam há quase 50 anos, mas tiveram o pior resultado de sempre e falharam novamente a maioria absoluta. Miguel Albuquerque não afasta apresentar um governo minoritário, mas prefere "dialogar" com os restantes partidos para encontrar um "quadro mais estável". Mesmo assim, o PS quer apresentar uma alternativa de governo, algo que implicaria formar uma grande coligação de concretização aparentemente difícil.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Comentar