Unicórnios, grilos e máquinas. Pedro Nuno tem boa rua mas está mais à vontade nas empresas

Líder do PS perde-se nas horas quando se trata de falar com empresários. E usa as armas da imigração e das pensões que a AD lhe tem dado para atacar Montenegro.

legislativas-campanha,legislativas-2024,pedro-nuno-santos,empresas,politica,
Fotogaleria
Líder do PS visitou incubadora de empresas que já apoiou 600 projectos e levantou 50 milhões em apoios em três anos. Daniel Rocha
legislativas-campanha,legislativas-2024,pedro-nuno-santos,empresas,politica,
Fotogaleria
Pedro Nuno Santos no quarto dia de campanha eleitoral Daniel Rocha
legislativas-campanha,legislativas-2024,pedro-nuno-santos,empresas,politica,
Fotogaleria
Pedro Nuno Santos no quarto dia de campanha eleitoral Daniel Rocha
legislativas-campanha,legislativas-2024,pedro-nuno-santos,empresas,politica,
Fotogaleria
Pedro Nuno Santos no quarto dia de campanha eleitoral Daniel Rocha
legislativas-campanha,legislativas-2024,pedro-nuno-santos,empresas,politica,
Fotogaleria
Pedro Nuno Santos no quarto dia de campanha eleitoral Daniel Rocha
legislativas-campanha,legislativas-2024,pedro-nuno-santos,empresas,politica,
Fotogaleria
Daniel Rocha
Carro
Fotogaleria
Pedro Nuno Santos no quarto dia de campanha eleitoral Daniel Rocha
Ouça este artigo
00:00
06:56

Maria de Jesus já deu o mesmo recado a António Costa numa das últimas campanhas eleitorais, ali mesmo, na calçada do Largo 5 de Outubro, e desta vez fê-lo a Pedro Nuno Santos: “Não vou dizer em quem voto. Mas tem que ter muita sorte!” Apesar de ser final de Fevereiro, sob um largo guarda-sol, ainda se assam castanhas na panela de barro, mas daqui a poucas semanas serão substituídas por cheirosas pipocas e algodão doce, para a franzina Maria de Jesus continuar a somar aos 54 anos que já leva de venda de rua no centro de Leiria. Não diz em quem vota, mas não deixa dúvida no suspiro minutos depois dos beijinhos de Pedro Nuno e do abraço sentido do presidente da câmara. “Deus queira que ele… que nós tenhamos sorte. Porque há dois que não gostava de lá ver. Mas na campanha têm que fazer por isso, que se esforçar mais. Vamos torcer para que eles lá fiquem.”

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 14 comentários