Avião militar dos EUA com oito pessoas a bordo cai no mar ao largo Japão. Pelo menos um tripulante morreu

Guarda costeira enviou barcos-patrulha e aeronaves para a área da ilha de Yakushima, onde o Osprey V-22 terá caído.

Foto
Destroços do Osprey V-22, avião que caiu esta quarta-feira no Japão EPA/10th Regional Coast Guard Headquarters HANDOUT

Um avião militar dos Estados Unidos, que levava oito pessoas a bordo, caiu no mar ao largo do Japão nesta quarta-feira. Vários meios de comunicação avançam que pelo menos um tripulante morreu, desconhecendo-se para já as suas condições de saúde das restantes cinco. A guarda costeira disse ter enviado barcos-patrulha e aeronaves para a área da ilha de Yakushima, onde o Osprey V-22 caiu.

Alguns destroços do V-22 Osprey foram encontradas a cerca de três quilómetros de Yakushima, na mesma zona onde foi encontrado o corpo do tripulante.

PÚBLICO -
Aumentar

O acidente aconteceu pouco antes das 15h (6h em Portugal). Várias testemunhas referiram à agência que o motor esquerdo da aeronave parecia estar em chamas enquanto esta descia.

O acidente ocorreu perto do aeroporto da ilha, onde o avião estava a tentar aterrar e onde outro Osprey pousou com sucesso na tarde de quarta-feira, disse um porta-voz do governo local. Os militares dos EUA presentes na região ainda estão a recolher informações sobre o acidente, disse um porta-voz.

O avião, que pode voar tanto como helicóptero quanto como aeronave de asa fixa, é operado pelos fuzileiros navais dos EUA, pela Marinha dos EUA e pelas Forças de Autodefesa do Japão. Desapareceu do radar às 14h40 (hora local) e guarda costeira recebeu um pedido de ajuda sete minutos depois.

A implantação do Osprey no Japão tem sido controversa, com vários críticos a argumentar que o modelo é propenso a acidentes. Os militares dos EUA e o Japão dizem que é seguro.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários