Joana Providência e a problematização da justiça, no Rivoli

Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta

A coreógrafa Joana Providência estreia esta sexta-feira (3 de Novembro) o seu novo espectáculo no Teatro Rivoli, no Porto. Justiça, que é apresentado no mesmo espaço também no sábado, "visa a construção de uma criação coreográfica, habitada por questões como a diversidade, a escolha, a igualdade e a liberdade e pelo desejo de ser uma ferramenta de construção de justiça", reflecte a artista num texto que faz a sinopse da peça, falada em português e parcialmente em italiano.

"Esta criação problematiza a justiça, que nos parece, muitas vezes, enganosamente imediata, inevitável e segura, até ao momento em que testemunhamos a presença da injustiça e percebemos que aquela carece de cuidado permanente", acrescenta.

Paulo Pimenta
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta