Rendas sobem ao ritmo mais acelerado numa década, antes de novo aumento em 2024

Em Agosto, as rendas registaram o maior aumento desde o início de 2014. Para o próximo ano, sem intervenção do Governo, a inflação determinaria mais um aumento acentuado das rendas em vigor.

Foto
As rendas estão a aumentar ao ritmo mais acelerado desde 2014 Manuel Roberto

Numa altura em que as rendas habitacionais registam os aumentos mais acelerados em quase uma década, quem arrenda casa prepara-se para suportar novos aumentos a partir do próximo ano. Com proprietários a exigirem o cumprimento da lei que regula a actualização anual das rendas e inquilinos a apelarem a um travão absoluto dos aumentos, o Governo comprometeu-se a encontrar um meio-termo que responda às necessidades das famílias sem se afastar demasiado da actualização que teria lugar se a lei fosse cumprida. Ainda sem revelar qual será a solução escolhida, o executivo vai reunir-se com as associações representativas das várias partes do sector.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 31 comentários