Paul Vecchiali (1930-2023), o último grande cineasta dos corpos e dos sentimentos

Foram raros os filmes deste cineasta da geração da Nouvelle Vague que tiveram estreia comercial em Portugal. Cinemateca dedicou-lhe uma retrospectiva em 2017. Tinha 92 anos.

Foto
Paul Vecchiali, cineasta da geração da Nouvelle Vague Oleg Nikishin/Getty Images for SPIMF)

Morreu esta quarta-feira o cineasta francês Paul Vecchiali. Tinha 92 anos (nasceu em 1930, em Ajaccio, na Córsega) e uma obra vastíssima iniciada nos anos 60 e ainda não verdadeiramente terminada, porque Vecchiali, prolífico e um autêntico “homem da câmara de filmar”, estava em plena actividade e a preparar um próximo filme.

Sugerir correcção
Comentar