Biodiversidade

1, 2, 3… começa a contagem de todos os animais no zoo de Londres

São cerca de 14 mil animais de 400 espécies que são contados durante uma semana no Jardim Zoológico de Londres, no Reino Unido.

O zelador Andrew Dixon sorri para os macacos-esquilo enquanto aponta o número de animais na sua prancheta TOBY MELVILLE/REUTERS
Fotogaleria
O zelador Andrew Dixon sorri para os macacos-esquilo enquanto aponta o número de animais na sua prancheta TOBY MELVILLE/REUTERS

Pinguins, macacos, suricatas, tigres, sapos ou tartarugas. Não há animal que escape à contagem anual que é feita no Jardim Zoológico de Londres, no Reino Unido, como mostram estas fotografias tiradas a 3 de Janeiro de 2023.

Os funcionários vão percorrendo o zoo com blocos de notas em que vão apontando os animais que existem no espaço – muitas vezes com os animais curiosos a espreitarem os apontamentos tirados e as mãos de quem escreve.

Junto aos animais, são muitas vezes dispostos quadros negros com o nome de cada um dos animais de cada espécie, e com um "certo" a indicar que foi contabilizado. Esta contagem é feita todos os anos no jardim zoológico da capital inglesa e é importante para fazer o “inventário” destes animais e protegê-los.

O inventário leva cerca de uma semana a ser feito e a informação é usada para criar uma base de dados partilhada com outros jardins zoológicos para ajudar a gerir os esforços de conservação dos animais ameaçados.

Leia mais sobre biodiversidade no Azul:

A zeladora Jessica Ray com uma prancheta junto aos pinguins-de-Humboldt durante o inventário anual dos animais do zoo de Londres, no Reino Unido
A zeladora Jessica Ray com uma prancheta junto aos pinguins-de-Humboldt durante o inventário anual dos animais do zoo de Londres, no Reino Unido TOBY MELVILLE/REUTERS