O que fazer quando não posso dar-me ao luxo de sair com os meus amigos ricos

O que o leitor experimentou, financeiramente, com o seu “pobre passado” é um trauma. E o que está a experimentar agora, pelo menos, o que o obrigou a escrever-me, é vergonha.

Foto
A América envergonha as pessoas que estão falidas, lutando e pobres a acreditarem que as suas circunstâncias financeiras são prova de uma deficiência moral. Uma podridão espiritual Aleksandr Popov/Unsplash

Sou jornalista e ganho um bom salário, ligeiramente melhor do que a média para a indústria... Mas também tenho dívidas e o elevado custo de vida na cidade de Nova Iorque mantém-me no ciclo de "chapa ganha, chapa gasta". Não estou a lutar per se e frequentemente trato-me bem, mas oriundo de um meio pobre, admito que ainda tenho mentalidade de pobre.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários