TV a cores

Neste fim de semana, fomos surpreendidos com a representatividade cigana na televisão. Parecia que subitamente estava noutro país.

Sabemos que devemos ficar contentes com o facto de, no 1.º de dezembro, dia da Restauração da Independência, o Presidente da República, finalmente, passados estes anos de insulto anticigano constante na Assembleia da República e no espaço público, ter recordado a participação das comunidades ciganas na construção deste país e a necessidade de romper “com tanto esquecimento e discriminação”.

Sugerir correcção
Ler 23 comentários